A presença online dos jornais do Alentejo

  • Adam Lucas Weber da Silva
  • Alcilaine de Macedo Alencar
  • Claudinei Lopes Junior
  • Thayná Bressan da Silva
Palavras-chave: jornalismo de proximidade, ciberjornalismo de proximidade, Alentejo, redes sociais, interação

Resumo

Este trabalho tem como principal objetivo salientar a presença dos jornais regionais portugueses no Alentejo. Além disso, pretende‐se apresentar conceitos de jornalismo de proximidade (Camponez, 2002) e de ciberjornalismo de proximidade (Garcia, 2017); explanar a história e o percurso do ciberjornalismo português, no âmbito nacional (Bastos, 2010, 2011, 2014) e de proximidade, também chamado de regional, (Jerónimo, 2013, 2015, 2017) especificando a realidade e os desafios dessa vertente (Garcia, 2017); e por fim, atentar‐se ao jornalismo (Guimarães, 2017) e ciberjornalismo na região do Alentejo. Por meio de uma pesquisa, cujo método foi a análise de conteúdo e a observação não participativa dos dados (Schultz, 1999 & Zamith, 2008), procurou‐se mensurar a presença online categorizando os jornais alentejanos pela forma que utilizam o ciberespaço para a disposição de notícia. Em suma, a pesquisa empírica comprovou que a atuação do ciberjornalismo no Alentejo ainda é uma prática inexplorada, logo não tem aproveitado de modo estratégico as potencialidades oferecidas pela cibermedia.

Publicado
01-10-2019
Como Citar
da SilvaA., AlencarA., JuniorC., & da SilvaT. (2019). A presença online dos jornais do Alentejo. Revista Aprender, (39), 38-63. Obtido de http://aprender.esep.pt/index.php/aprender/article/view/65
Secção
Artigos