Trabalhar as questões de género numa perspetiva de educação para a cidadania no jardim-de-infância e na escola

Autores

  • Maria João Cardona

Palavras-chave:

Género, Educação para a cidadania, Educação pré-escolar e Educação básica, Formaçãode docentes

Resumo

O papel demasiado rígido e diferenciado atribuído às mulheres e aos homens é aprendido desde a infância na educação familiar e na escola, acabando por afetar os percursos de vida pessoal, académico e profissional de rapazes e raparigas. A análise desta problemática tem sido uma preocupação que temos vindo a trabalhar, nos últimos anos na ESES (Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Santarém), com o apoio da CIG (Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género). No âmbito deste trabalho temos vindo a construir materiais e a desenvolver várias atividades de formação, a par da recolha de dados em jardins-de-infância e escolas, na tentativa de estudar a forma como estas questões são vivenciadas pelas crianças, docentes e famílias. Dos vários dados recolhidos através deste trabalho, temos procurado conhecer como podemos apoiar a promoção de uma atitude mais reflexiva dos docentes e das docentes na sua prática pedagógica relativamente às questões de género, numa perspetiva de educação para a cidadania. Neste artigo é apresentada uma síntese deste trabalho e uma análise das principais dificuldades manifestadas pelos docentes e pelas docentes da educação préescolar e do ensino básico.

Downloads

Publicado

01-10-2015

Como Citar

Cardona, M. J. (2015). Trabalhar as questões de género numa perspetiva de educação para a cidadania no jardim-de-infância e na escola. Revista Aprender, (36), 63–71. Obtido de http://aprender.esep.pt/index.php/aprender/article/view/40