Os municípios alentejanos enquanto fontes de informação: um olhar para a comunicação online

  • Cláudia Pacheco
Palavras-chave: salas de imprensa online; comunicação municipal; relações com os media; assessoria de imprensa

Resumo

O trabalho aqui apresentado tenta compreender como se organiza a comunicação municipal portuguesa na internet no que respeita às suas páginas oficiais, partindo dos principais municípios alentejanos.
Neste pressuposto, observámos quais os aspetos mais importantes tratados nos websites em estudo, sobretudo nos espaços designados como salas de imprensa. Para tal, recorremos à técnica da análise de conteúdo, estudando categorias que pretenderam verificar a presença ou ausência de diversos elementos, tais como a designação e a localização destes espaços, a utilização de ferramentas de comunicação tradicionais e o uso de ferramentas multimédia e ferramentas interativas.
No que respeita à relação municipal com a imprensa, há ainda um longo caminho a percorrer, já que muitos municípios estabelecem preferencialmente relações face to face com cada um dos jornalistas. Se tivermos em conta as questões da interioridade e da reduzida densidade populacional que caracterizam de forma muito particular a região Alentejo, percebemos que a internet pode ser uma solução para algumas destas problemáticas.
O poder político está, em Portugal, muito colado à imprensa regional e apesar do debate inflamado sobre esta questão, verifica‐se uma dependência efetiva que quase sempre é uma dependência financeira, sobretudo nos municípios de menor dimensão como no caso do Alentejo.

Publicado
01-12-2017
Como Citar
PachecoC. (2017). Os municípios alentejanos enquanto fontes de informação: um olhar para a comunicação online. Revista Aprender, (37), 57-68. Obtido de http://aprender.esep.pt/index.php/aprender/article/view/30